“O que dizemos nada significa se não prepararmos o momento de dizê-lo.” Rousseau

Em 1762, Rousseau publicou Emilio ou Da Educação. Tal obra tornou-se uma verdadeira novidade para a época, pois trata-se de um de um romance pedagógico cujo tema é a educação de Emilio, um órfão nobre e rico, realizada tão-somente pelo seu preceptor.

O filósofo escreveu esse romance por que  acreditava que o processo ensino-aprendizagem deveria ser feito com o mínimo de interferências, pois somente assim o estudante teria uma maior e melhor formação.

Mas, hoje as aulas individuais não necessitam desse rigor de Rousseau. Basta apenas que o estudante interaja com o seu professor para obter uma aprendizagem eficaz.

Caso contrário, é possível também uma aprendizagem plena com a vivência e com a convivência.

A prática de aulas em grupo é um recurso muito usado por professores para dinamizar e estimular a participação ativa dos alunos no processo de aprendizagem, de maneira que os

participantes se beneficiem bastante com essa a relação.

É perceptível em sala de aula o interesse e a participação dos alunos e a contribuição dessa prática em termos de aprendizado.

Mas, tanto individual quanto coletivamente é possível obter uma aprendizagem dinâmica e efetiva, pois a arte de ensinar percorre esses dois processos.

Professor particular de espanhol em BH: veja se é a melhor opção para você

As aulas ocorrem de maneira satisfatória quando

  • o profissional é preparado, experiente e com conhecimento do conteúdo,
  • existe uma forte conexão entre professor e aluno,
  • há segurança e confiança na transmissão de conteúdo.

Para conquistar uma aprendizagem segura, o professor de espanhol deve fazer o aluno pensar, raciocinar, até “esquentar” a cabeça, com a intenção de que o aluno  aprenda, que absorva o conteúdo, e mais, que tenha certeza de que o que aprendeu o aluno não vai se esquecer jamais.

Ao contratar o seu professor de espanhol, o aluno deve estar ciente de que  é um profissional responsável, que tem o compromisso de informar, instruir, passar um conhecimento, se possível, completo do idioma, que seja um profissional comprometido com o seu aluno e que se entusiasme quando o vir falando, lendo e escrevendo bem o idioma.

Aulas particulares de espanhol: qual é o preço médio?

Levando em conta o mercado de trabalho e a região, é preciso fazer uma pesquisa para observar quais são os valores que são praticados.

É preciso observar também que para aprender um idioma o mais importante não é o valor, mas  sim o profissional.

Para tanto, é preciso conhecer o professor, avaliar a sua aula e não o preço.

Certamente o custo-benefício será muito melhor, o aprendizado rápido e a satisfação duradoura.

Professor de espanhol on-line

As aulas on-line são proverbiais, tanto para o professor quanto para o aluno.

Com as aulas on-line não existem barreiras geográficas e falta de tempo.

Além do mais, trata-se de um investimento pequeno, se se levar em consideração as aulas presenciais.

O professor particular de espanhol on-line dá a mesma atenção, além de acompanhar todo o processo de aprendizado.

De maneira que o estudante consegue apreender com mais facilidade a gramática e ficar mais livre para a conversação.