viajante e turistaExiste uma diferença entre turistas e viajantes e é isso que explicaremos neste post.

Definição de turistas e viajantes

Turistas

Turistas são aqueles que visitam pontos turísticos, como praças, praias e monumentos, apenas para admirar e fotografar. Eles não emergem na cultura local e não interagem com o povo com o objetivo de conhecê-lo mais a fundo.

Viajantes

Os viajantes são aqueles que chegam ao seu destino sem alarde e não visitam pontos turísticos. Eles  procuram entender o povo e absorvem a cultura, arte e beleza do local.

Qual é a diferença entre turistas e viajantes?

  • O viajante não faz planos. Você tenta puxar papo com o sujeito e pergunta. “Para onde você vai depois daqui?”. Ai ele suspira com um ar superior e diz… “eu deixo a vida me levar”.
  • O viajante não tem guia. O guia é o inimigo número um do viajante, uma vez que ele atribui a esse vil objeto a sua e a minha presença nos lugares bacanas do mundo (e vocês precisam ver a cara dos viajantes quando eles descobrem que sou uma travel writer e que estou do lado negro da força).
  • O viajante não foi e não gostou. Pirâmides do Egito? Taj Mahal? Disney? Ele jamais colocará os pés nesses lugares execráveis. Se todo mundo gosta, só pode ser ruim.
  • O viajante está em busca da verdadeira alma do lugar em questão. Os lugares ganham fama por serem de interesse histórico-cultural ou por serem bonitos e agradáveis. Mas, segundo o viajante, os turistas aniquilam a alma desses lugares com a sua indesejável presença – coisa que obviamente não acontece quando o forasteiro é um viajante.
  • O viajante pagou menos que você. Caso nós, turistas, tenhamos a honra de coincidir com um viajante em determinado local, pode apostar: ele pagou menos para estar ali.
  • O viajante só tem olhos para os locais. Ele não quer saber de nós, turistas. O viajante só quer saber de conversar com os locais, jantar onde só os locais jantam, frequentar os bares onde só os locais bebem.

Como aprender espanhol para uma viagem?

Está quase de malas prontas e com dúvidas sobre como aprender espanhol para uma viagem?

Se você vai para um país de língua espanhola e ainda não domina muito bem o idioma, um macete muito eficiente é decorar diálogos de determinadas situações que podem ser recorrentes ao longo da viagem. Assim, mesmo que você ainda não seja um ás na hora de falar espanhol, já vai se sentir mais seguro para se comunicar com os estrangeiros no país de destino.
Veja algumas das situações mais corriqueiras abaixo:

Apresentação

  • Hola, mi nombre es _____, soy brasileño. ¡Mucho gusto!
  • Olá, meu nome é _____, sou brasileiro. Muito prazer!

Pedindo a comida

  • Quiero un plato de _____, y para tomar un _____ por favor.
  • Quero um prato de _____, e para beber um _____ por favor.

Compras

  • Estoy buscando un _____. ¿Me puede ayudar?. / ¿Puedo probarlo? / No me quedó bien, es muy estrecho.
  • Estou procurando um _____. Pode me ajudar? / Posso prová-lo? / Não me serviu bem, ficou muito apertado.

Pagamento com cartão

  • ¿Cuánto cuesta? ¿Aceptan tarjetas de crédito?
  • Quanto custa? Aceita cartões de crédito?

Outras expressões muito usadas são:

  • ¿Cómo es su nombre?
  • ¿Cuántos años tiene?
  • ¿Qué le gusta hacer?
  • ¡Hola! ¿Qué tal?
  • ¿Cómo se llama?

Se a data do embarque está chegando e você quer realmente saber como aprender espanhol para uma viagem, entre em contato com a Flávia Leite.